sábado, 17 de setembro de 2011

Série Não confunda... (41)

Das cameladas e doces infâmias:


119)
Não confunda
"comentário" com "dromedário"

120)
Não confunda
"dromedário" com "dormitório"

121)
Não confunda
"dormitório" com "dorme, otário!"


122)
Não confunda
"dromedário" com "camelo"




123)
Não confunda
"camelo" com "camelô"

124)
Não confunda
"castelo de Camelot" com "rastelo de camelô"

125)
Não confunda
"camelo" com "caramelo"

126)
Não confunda
"doce de caramelo" com "cara melada"

127)
Não confunda
"doce de caramelo" com "você de camelo"

6 comentários:

Marly Bastos disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk esse camelo com um ou dois morrinhos rendeu.
Acho que o que mais é confundido é camelo com dromedário...
"Sabe aquele camelo com um morro só?"
Beijokas doces e um bom domingo André

olhar disse...

dei boas risadas aqui!

eijo!

Bia

Elisa T. Campos disse...

André
Logo de manhã?
Você me fez rir muito .
dromedário com dorme otário
doce de caramelo com cara melada

Dá para fazer uma caramelada de haicais

bjs

mfc disse...

Cá-me-lo tens... o meu sorriso!

JAIRCLOPES disse...

André,
Gostei, parece que os calembures não têm fim. O poeta e Jornalista Emílio de Mneses, (1866 1918) meu d conterrâneo do Paraná, foi talvez o maior trocadilhista do seu tempo, ele tem histórias calemburística fantásticas. Abraços, JAIR.

Andre Martin disse...


Jair:


Não o sabia. Agora sei-o.
Obrigado por compartilhar.

Fui pesquisar encontrei estes exemplos atribuídos ao "É milho de 'homens em inglês' e 'Z's" :

http://pt.wikiquote.org/wiki/Em%C3%ADlio_de_Meneses

E também este vídeo-resumo de quem era a figura:

http://www.youtube.com/watch?v=Vwr58zqFQ2E