terça-feira, 26 de julho de 2011

Filho é tudo igual, só muda de endereço

Dizem que:

"filho de peixe, peixinho é".

Mas existe outro ditado * da cultura Lunda-Tchokwe **, de Angola, que diz o seguinte:

"OMOLA OCHIMBUNDO L'OMOLA OCHINDELE VOSI OMALA"

Que poderia ser traduzido como:

"filho de branco e filho de negro, todos são filhos".

E, analisando a frase do outro idioma completamente "estranho" para nós, deduzo que OMOLA quer fizer FILHO.

O que, convenhamos, não tem nenhuma novidade: todo mundo sabe que filho amola (às vezes, e muitas vezes!).

Parece que até isto ultrapassa a barreira dos oceanos, culturais e linguísticas!... rsrs

( * ditado achado e aprendido no blog Arte em Cerâmica )
( ** para saber mais sobre a cultura Lunda-Tchokwe, clique neste link )


Bônus:

91)
Não confunda
"Lunda-Tchokwe" com "choque na bunda"

13 comentários:

Julio Melo disse...

Alguns filhos amolam e outros ainda são uns malas...
Ué, quem sou eu pra dizer isso? Não tenho e não quero filhos...
Hoje por coincidência eu ouvi Traumas (com o tremendão Erasmo Carlos). Ainda tem uma outra dele que ele fala: "hei mãe não sou mais menino..."

(se meu filho nem nasceu eu ainda sou um filho; se hoje canto essa canção o que cantarei depois?).

Andre Martin disse...


JúlioMelo:


Um amigo diz que
"50% da nossa vida é estragada pelos pais...
os outros 50%, pelos filhos".
Será?...
(ele também é solteiro e sem herdeiros rsrs)

Zainer Araujo disse...

Filho eh igual "pum": so aguenta quem fez

Andre Martin disse...


Zainer:


Às vezes, nem quem faz!... deixa pra outro "cuidar". rsrs

Ma Ferreira disse...

André!!!!!!!
Me responde de novo..como você consegue? Quero a receita.
Esta frase eu tirei do blog do meu querido amigo Vino ( vinoartes.blogspot.com).
Ele é artista plastico angolano e mora em Portugal.
Meus seguidores adoraram seu poema.
Eh garooto..ta fazendo sucesso..rsrs

mfc disse...

E por vezes é uma amolação total!

Marly disse...

Como diz nosso poeta Vinícius de Morais: "Filhos, melhor não tê-los. Mas se não tê-los, como sabê-los?"
Dizem que ser pais é padecer no paraíso!(eu facilmente tiraria o paraíso...)
Beijokas doces

Cissa Romeu disse...

Oi Martin,
me atrevi a vir aqui, viu?
E estou seguindo também. A míope aqui não tinha visto que você tinha outro blog.
Muito bom!
Dizem que ter filhos é "padecer no paraíso..."... no paraíso? rsrsr
Beijos

Andre Martin disse...


Cissa Romeu:


Eu já ouvia que ser PAI é PAIdecer no PAIraíso! rsrs

Mas não sei quem inventou essa frase (originalmente aplicada só para as MÃES)... Com certeza tinha algo contra elas... Oras, por que "padecer" lá?
Não, nananinanão! Tinha que ser "merecer" ou "viver", não concorda? rs

Andre Martin disse...


Marly:


Sim, tem gente que prefere o cargo de "tia": só aproveita os filhos nas horas boas... quando começam a dar problemas, a chorar, etc, devolvem pros pais cuidarem... Assim é fácil! rs

Filhos podem dar trabalho e causar preocupações, mas é um marco e uma experiência insubstituível ter e cuidar. Só quem tem/teve sabe dizê-lo!

Andre Martin disse...


mfc:


É verdade! Mas passa.

Eu posso afirmar que ter filho é um marco, um divisor de águas, na vida de um homem! (da mãe, mais ainda!)

Suas prioridades mudam, sua concepção de vida e hábitos mudam.

Aumentam-se o trabalho e as preocupações. Mas também traz alegrias e emoções inesquecíveis e indescritíveis!

Andre Martin disse...


MaFerreira:


Sim, eu sei. Vino é um artista e tanto.
Mas não achei a frase lá, só no seu blog, por isto a referência. Obrigado pro esclarecer e inspirar este post!

E muito mais obrigado ainda pela sua gentileza em me referenciar lá com meu comentário. Valeu!
Seus seguidores são uns amores e igualmente gentis.
Sucesso é seu blog e seu trabalho artístico. Parabéns.

✿ chica disse...

E como amolam certas vezes,rsrs E adorei os bônus...abração,chica